• SÃO PAULO • 12 DE JUNHO DE 2011 • ANO 35 • Lt. 05 • Nº 37 •A

PENTECOSTES

 Anim. Finalmente chegou o Dia de Pentecostes, quando o Mistério de Cristo atinge o ápice da revelação de Deus na história. Na manhã luminosa de Pentecostes, Jerusalém tornou-se um sinal visível da comunhão que a missão do Filho e do Espírito realizou no mundo. Os povos se entendiam, as mãos se encontravam porque estavam levantadas para Deus.
A coragem dos apóstolos era fruto da experiência de fé que se apossou dos seus corações. É esta mesma experiência que buscamos ao celebrar, dois mil anos depois, o coroamento do Mistério Pascal.

1. ABERTURA (Fx13) Sl. 32(33)

O amor de Deus foi derramado em nossos corações * pelo seu Espírito que habita em nós, aleluia!

1. Comigo engrandecei ao Senhor Deus, * exaltemos todos juntos o seu nome! * Todas as vezes que o busquei ele me ouviu * e de todos os temores me livrou.

2. Contemplai a vossa face e alegrai-vos * E vosso rosto não se cubra de vergonha! * Provai e vede quão suave é o Senhor! * Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

3. Clamam os justos e o Senhor bondoso escuta * e de todas as angústias os liberta. * do coração atribulado ele está perto * e conforta os de espírito abatido.

2. SAUDAÇÃO

P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém.

P. O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco.

T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

3. ATO PENITENCIAL

P. No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer ao pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai.

(Silêncio)

P. Senhor, que subindo ao céu, nos presenteastes com os dons do Espírito Santo, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Cristo, que dais vida a todas as coisas, tende piedade de nós.

T. Cristo, tende piedade de nós.

P. Senhor, rei do universo e Senhor dos séculos, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.

4. GLÓRIA (preferencialmente cantado)

P. Glória a Deus nas alturas,

T. e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: / nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos
glorificamos, /
nós vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

5. ORAÇÃO

P.Oremos (silêncio): Ó Deus, que pelo mistério da festa de hoje, santificais a vossa Igreja inteira, em todos os povos e nações, derramai por toda a extensão do mundo os dons do Espírito Santo, e realizai agora no coração dos fiéis as maravilhas que operastes no início da pregação do Evangelho. Por N.S.J.C.

T. Amém.

Anim. Ouçamos as leituras de hoje, deixando que nossos corações sejam abrasados como aconteceu com a multidão de Jerusalém quando escutava os apóstolos no dia de Pentecostes.

6. PRIMEIRA LEITURA (At 2,1-11)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

1Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar.

2De repente, veio do céu um barulho como se fosse uma forte ventania, que encheu a casa onde eles se encontravam.

3Então apareceram línguas como de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles.

4Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito os inspirava.

5Moravam em Jerusalém judeus devotos de todas as nações do mundo.

6Quando ouviram o barulho, juntou-se a multidão, e todos ficaram confusos, pois cada um ouvia os discípulos falar em sua própria língua.

7Cheios de espanto e de admiração, diziam: “Esses homens que estão falando não são todos galileus?

8Como é que nós os escutamos na nossa própria língua?

9Nós que somos partos, medos e elamitas, habitantes da Mesopotâmia, da Judéia e da Capadócia, do Ponto e da Ásia,

10da Frígia e da Panfília, do Egito e da parte da Líbia, próxima de Cirene, também romanos que aqui residem;

11judeus e prosélitos, cretenses e árabes, todos nós os escutamos anunciarem as maravilhas de Deus na nossa própria língua!”

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

7. SALMO RESPONSORIAL 103(104)

(Fx14)

Enviai o vosso Espírito, Senhor, * e da terra toda a face renovai!

1. Bendize, ó minha alma, ao Senhor! * Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! * Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras: * encheu-se a terra com as vossas criaturas!

2. Se tirais o seu respiro, elas perecem * e voltam para o pó, de onde vieram; * enviais o vosso Espírito e renascem * e da terra toda a face renovais.

3. Que a glória do Senhor perdure sempre * e alegre-se o Senhor em suas obras, * hoje seja-lhe agradável o meu canto, * pois o Senhor é minha grande alegria!

8. SEGUNDA LEITURA

(1Cor 12,3b-7.12-13)

Leitura da Primeira
Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos:

3Ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor, a não ser no Espírito Santo.

4Há diversidade de dons, mas um mesmo é o Espírito.

5Há diversidade de ministérios, mas um mesmo é o Senhor.

6Há diferentes atividades, mas um mesmo Deus que realiza todas as coisas em todos.

7A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem comum.

12Como o corpo é um, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim também acontece com Cristo.

13De fato, todos nós, judeus ou gregos, escravos ou livres, fomos batizados num único Espírito, para formarmos um único corpo, e todos nós bebemos de um único Espírito.

-Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

9. SEQUÊNCIA (HL 2 p. 138 CO 338)

1. Espírito de Deus, * enviai dos céus * um raio de luz!

2. Vinde Pai dos pobres, * dai aos corações * vossos setes dons .

3. Consolo que acalma, * hóspede da alma, * doce alívio, vinde!

4. No labor descanso, * na aflição remanso, * no calor aragem.

5. Enchei, luz bendita, * chama que crepita, * o íntimo de nós!

6. Sem a luz que acode, * nada o ho­­­mem pode, * nenhum bem há nele.

7. Ao sujo lavai, * ao seco regai, *curai o doente!

8. Dobrai o que é duro,* guiai no escuro, * o frio aquecei.

9. Dai à vossa Igreja * que espera e deseja * vossos sete dons!

10. Dai em prêmio ao forte * uma santa morte, * alegria eterna! * Amém!

10. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(Fx16)

Aleluia, aleluia, aleluia!

Vinde, Espírito Divino * e enchei os corações * dos fiéis com vossos dons! * Acendei neles o amor * como um fogo abrasador!

11. EVANGELHO (Jo 20,19-23)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.

T. Glória a vós, Senhor.

P. 19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.

20Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor. 21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.

22E depois de ter dito isto, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo.

23A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão per­doados; a quem não os perdoardes, eles lhes serão retidos”.

– Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.

12. HOMILIA

13. PROFISSÃO DE FÉ

P. Creio em Deus Pai todo-poderoso / T. criador do céu e da terra,/ e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
/
nasceu da Virgem Maria;/ padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; /ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna.

Amém.

14. ORAÇÃO DOS FIÉIS

P. Irmãos e irmãs, elevemos nossas preces àquele que nos enviou Jesus e o Espírito Consolador, rezando juntos:

T. Renovai, Senhor, a face da terra.

1. Derramai, ó Pai, perenemente sobre a Igreja um Pentecostes de amor.

2. Renovai nossa Arquidiocese neste ano de revitalização paroquial.

3. Aprofundai a comunhão em nossas comunidades e no mundo.

4. Transformai nossas estruturas políticas em fonte de partilha e solidariedade.

5. Protegei os que lutam pela justiça e pelos direitos humanos.

6. Iluminai os jovens que se aproximam do sacramento da Crisma.

(outras preces da
comunidade)

P. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

15. APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS Fx 17

Suscitai, ó Senhor Deus, * suscitai vosso poder, * Confirmai este poder * que por nós ma­nifestastes!

1. Contemplamos, ó Senhor, vosso cortejo que desfila, é a entrada do meu Deus, * do meu rei, no santuário.

2. Os cantores vão à frente, * vão atrás os tocadores * e no meio vão as jovens * a tocar seus tamborins.

3. Reinos da terra, celebrai * o nosso Deus, cantai-lhe salmos! * Eis que eleva e faz ouvir * a sua voz, voz poderosa.

4. Em seu templo ele é terrível * e a seu povo dá poder, * bendito seja o Senhor Deus, * agora e sempre! Amém, amém!

16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

P. Orai, irmãos e irmãs…

T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

P. Concedei-nos, ó Deus, que o Espírito Santo nos faça compreender melhor o mistério deste sacrifício e nos manifeste toda verdade, segundo a promessa do vosso Filho. Que vive e reina para sempre.

T. Amém.

17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA  I  (Pref, 319)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Corações ao alto.

T. O nosso coração está em Deus.

P. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

T. É nosso dever e nossa salvação.

P. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. Para levar à plenitude os
mistérios pascais, derramastes, hoje, o Espírito Santo prometido, em favor de vossos filhos e filhas. Desde o nascimento da Igreja, é ele quem dá, a todos os povos, o conhecimento do verdadeiro Deus; e une, numa só fé, a diversidade das raças e línguas. Por essa razão, transbordamos de alegria pascal, e aclamamos vossa bondade, cantando (dizendo) a uma só voz.

T. Santo, Santo, Santo…

CP. Pai de misericórdia, a quem sobem nossos louvores, nós vos pedimos por Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que abençoeis V estas oferendas apresentadas ao vosso altar.

T. Abençoai nossa oferenda, ó Senhor!

Nós as oferecemos pela vossa Igreja santa e católica: concedei-lhe paz e proteção, unindo-a num só corpo e governando-a por toda a terra. Nós as oferecemos também pelo vosso
servo, o Papa Bento, por nosso Bispo Odilo, e por todos os que guardam a fé que receberam dos apóstolos.

T. Conservai a vossa Igreja sempre unida.

1C Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos e filhas…, e de todos os que circundam este altar, dos quais conheceis a fidelidade e a dedicação em vos servir. Eles vos oferecem conosco este
sacrifício de louvor por si e por todos os seus, e elevam a vós as suas preces para alcançar o perdão de suas faltas, a segurança em suas vidas e a salvação que esperam.

T. Lembrai-vos, ó Pai, de vossos filhos!

2C. Em comunhão com toda a Igreja, celebramos o dia santo de Pentecostes em que o Espírito Santo em línguas de fogo manifestou-se aos Apóstolos. Veneramos também a Virgem Maria e seu esposo São José, os santos Apóstolos e Mártires: Pedro e Paulo, André… e todos os vossos Santos. Por seus méritos e preces concedei-nos sem cessar a vossa proteção.

T. Em comunhão com toda a Igreja aqui estamos!

CP. Recebei, ó Pai, com bondade, a oferenda dos vossos servos e de toda a vossa família; dai-nos sempre a vossa paz, livrai-nos da condenação e acolhei-nos entre os vossos eleitos.

CC. Dignai-vos, ó Pai, aceitar e santificar estas oferendas, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo vosso Filho e Senhor nosso.

T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

Na noite em que ia ser entregue, ele tomou o pão em suas mãos, elevou os olhos a vós, ó Pai, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Eis o mistério da fé!

T. Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição.

CC. Celebrando, pois, a memória da paixão do vosso Filho, da sua ressurreição dentre os mortos e gloriosa ascensão aos céus, nós, vossos servos, e também vosso povo santo, vos oferecemos, ó Pai, dentre os bens que nos destes, o sacrifício perfeito e santo, pão da vida eterna e cálice da salvação.

T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

Recebei, ó Pai, esta oferenda, como recebestes a oferta de Abel, o sacrifício de Abraão e dos dons de Melquisedeque. Nós vos suplicamos que ela seja levada à vossa presença, para que, ao participarmos deste altar, recebendo o Corpo e o Sangue de vosso Filho, sejamos repletos de todas as graças e bênçãos do céu.

T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

3C Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos e filhas N. e N. que partiram desta vida, marcados com o sinal da fé. A eles, e a todos os que adormeceram no Cristo, concedei a felicidade, a luz
e a paz.

T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

4C. E a todos nós pecadores, que confiamos na vossa imensa misericórdia, concedei, não por nossos méritos, mas por vossa bondade, o convívio dos Apóstolos e Mártires: João Batista e Estevão, Matias e Barnabé … e todos os vossos santos. Por Cristo, Senhor nosso.

T. Concedei-nos o convívio dos eleitos!

Por ele não cessais de criar e santificar estes bens e distribuí-los entre nós.

CP ou CC. Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

T. Amém.

18. RITO DA COMUNHÃO

19. CANTO DE COMUNHÃO Sl 33(32) (Fx 18)

Todos ficaram cheios do Espírito Santo * E proclamavam as maravilhas de Deus. * Aleluia!

1. Ó justos, alegrai-vos no Senhor * aos retos fica bem glorificá-lo. * Dai graças ao Senhor ao som da harpa, * na lira de dez cordas celebrai-o!

2. A palavra do Senhor criou os céus * e o sopro de seus lábios, as estrelas. * Como num odre junta as águas do oceano * e mantém no seu limite as grandes águas.

3. Adore ao Senhor a terra inteira * e o respeitem os que habitam o universo! * Ele falou e toda a terra foi criada, * Ele ordenou e as coisas todas existiram.

4. No Senhor nós esperamos confiantes, * porque ele é nosso auxílio e proteção! * Por isso o nosso coração se alegra nele, * seu santo nome é para nós uma esperança.

20. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

P. Oremos (silêncio): Ó Deus, que enriqueceis a vossa Igreja com os bens do céu, conservai a graça que lhe destes, para que cresçam os dons do Espírito Santo; e o alimento espiritual que recebemos aumente em nós a eterna redenção. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

21. ORAÇÃO AO NOSSO PATRONO

T. Ó São Paulo, /Patrono de nossa Arquidiocese, /discípulo e missionário de Jesus Cristo:/ ensina-nos a acolher a Palavra de Deus / e abre nossos olhos à verdade do Evangelho./ Conduze-nos ao encontro com Jesus, / contagia-nos com a fé que te animou/ e infunde em nós coragem e ardor missionário, / para testemunharmos a todos / que Deus habita esta Cidade imensa /e tem amor pelo seu povo! /Intercede por nós e pela Igreja de São Paulo, / ó santo apóstolo de Jesus Cristo!

Amém

22. BÊNÇÃO E DESPEDIDA MR – p. 523

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Deus, o Pai das luzes, que hoje iluminou os corações dos discípulos, derramando sobre eles o Espírito Santo, vos conceda a alegria de sua benção e a plenitude dos dons do mesmo Espírito.

T. Amém.

P. Aquele fogo, descido de modo admirável sobre os discípulos, purifique os vossos corações de todo o mal e vos transfigure em sua luz.

T. Amém.       

P. Aquele que na proclamação de uma só fé reuniu todas as línguas vos faça perseverar na mesma fé, passando da esperança à realidade.

T. Amém.

P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho V e Espírito Santo.

T. Amém.

23. CANTO FINAL (HL 3 p.367–CO 360)

1. Quando o Espírito de Deus soprou, o mundo inteiro se iluminou. A esperança da terra brotou, e um povo novo deu-se as mãos e caminhou!

Lutar e crer, vencer a dor, louvar o Criador. Justiça e paz hão de reinar. E viva o amor!

2. Quando Jesus a terra visitou, a Boa-nova da justiça anunciou. O cego viu, o surdo escutou, e os oprimidos da corrente libertou.

Músicas: HL 2 – CD Lit. XVI Ed. Paulus – CO Ed. Vozes

PREPARE-SE PARA
FAZER EM 2012 O

CURSO DE TEOLOGIA À NOITE NO CAMPUS IPIRANGA DA PUC DE SÃO PAULO

LEITURAS DA SEMANA: de 13 a 19 de Junho de  2011

l2ª-: 2Cor 6, 1-10; Sl 97 (98), 1. 2-3ab. 3cd-4 (R/. 2a); Mt 5, 38-42

l3ª-: 2Cor 8, 1-9; Sl 145 (146), 2. 5-6. 7. 8-9a (R/. 1);Mt 5, 43-48

l4ª-: 2Cor 9, 6-11; Sl 111 (112), 1-2. 3-4. 9 (R/. 1a); Mt 6, 1-6.16-18

l5ª-: 2Cor 11, 1-11; Sl 110 (111), 1-2. 3-4. 7-8 (R/. 7a); Mc 6, 7-15

l6ª-: 2Cor 11, 18.21b-30; Sl 33 (34), 2-3. 4-5. 6-7 (R/.cf. 18b); Mt 6, 19-23

lSab-: 2Cor 12, 1-10; Sl 33 (34), 8-9. 10-11. 12-13 (R/. 9a); Mt 6, 24-34

lSANTÍSSIMA TRINDADE, Ex 34, 4b-6. 8-9; Cânt.: Dn 3, 52. 53. 54. 55. 56 (R/. 52b); 2Cor 13, 11-13; Jo 3, 16-18

Retirado:http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/liturgia/folheto_povo_de_deus_anoA_pascoa_08domingo_pentecostes.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: