• SÃO PAULO • 26 DE JUNHO DE 2011 • ANO 35 • Lt. 05 • Nº 40 •A

13º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Anim. Na dinâmica do Tempo Comum, a liturgia da Igreja nos convida ao amor absoluto a Jesus Cristo e à dedicação radical ao seu Reino. A solidariedade para com os discípulos e missionários de Jesus Cristo também faz parte da vocação cristã e das promessas de bênçãos divinas. Encaremos essa verdade na qual se inclui o projeto de renovação paroquial assumido pela Igreja de São Paulo.

1. ACOLHIDA Sl 26(27) (Fx 12)

Povos todos do universo, * batam palmas ao Senhor, * gritem de alegria, * com cantos de louvor!

1. O Senhor é minha luz, * ele é minha salvação. * O que é que eu vou temer? * Deus é minha proteção. * /:Ele guarda minha vida, * eu não vou ter medo, não:/

2. Quando os maus vêm avançando, * procurando me acuar, * desejando ver meu fim, *querendo me matar, * /:inimigos opressores * é que vão se liquidar.:/

3. Se um exército se armar * contra mim, não temerei. * Meu coração está firme, * e firme ficarei. * /:Se estourar uma batalha, * mesmo assim, confiarei!:/

4. Sei que eu hei de ver, * um dia, a bondade do Senhor: * lá, na terra dos viventes, * viverei no seu amor. * Espera em Deus! Cria coragem! * Espera em Deus que é teu Senhor

2. SAUDAÇÃO

P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém.

P. O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco.

T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

3. ATO PENITENCIAL

P. Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os santos mistérios.

(Silêncio)

P. Confessemos os nossos pecados:

T. Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

P. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Cristo, tende piedade de nós.

T. Cristo, tende piedade de nós.

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

4. GLÓRIA (preferencialmente cantado)

P. Glória a Deus nas alturas,

T. e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso. / nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos
glorificamos, /
nós vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

5. ORAÇÃO

P.Oremos (silêncio): Ó Deus, pela vossa graça, nos fizestes filhos da luz. Concedei que não sejamos envolvidos pelas trevas do erro, mas brilhe em nossas vidas a luz da vossa verdade. Por N.S.J.C.

T. Amém.

Anim. Ouçamos os apelos que Deus nos faz por meio da sua Palavra revelada nas Sagradas Escrituras e celebrada na Liturgia.

6. PRIMEIRA LEITURA

(2Rs 4,8-11.14-16a)

Leitura do Segundo Livro dos Reis

8Certo dia, Eliseu passou por Sunam. Aí morava uma senhora rica, que insistiu para que fosse comer em sua casa. Depois disso, sempre que passava por aí, Eliseu parava na casa dessa mulher para fazer suas refeições.

9E ela disse ao marido:“Tenho observado que este homem, que passa tantas vezes por nossa casa, é um santo homem de Deus.

10Façamos para ele, no terraço, um pequeno quarto de alvenaria, onde colocaremos uma cama, uma mesa, uma cadeira e um candeeiro. Assim, quando vier à nossa casa, poderá acomodar-se ai”.

11Um dia, Eliseu passou por Sunam e recolheu-se àquele pequeno quarto para descansar.

14E perguntou a Giezi, seu servo: “Que se poderia fazer por esta mulher? ”Giezi respondeu: “É inútil perguntar-lhe; ela não tem filhos e seu marido já é velho”.

15Eliseu mandou então que a chamasse. Ele chamou-a e ela pôs-se à porta.

16Eliseu disse-lhe: “Daqui a um ano, neste tempo, estarás com um filho nos braços”.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

7. SALMO RESPONSORIAL 88(89)

(HL3 138-139 -Fx 18)

Ó Senhor, eu cantarei, * eterna­mente, o vosso amor! (bis)

1. Ó Senhor, eu cantarei eterna-mente o vosso amor, * de geração em geração eu cantarei vossa verdade! * Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” * E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

2. Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria; * seguirá pelo caminho sempre à luz de vossa face! * Exultará de alegria em vosso nome, dia a dia * e com grande entusiasmo exaltará vossa justiça.

3. Pois sois vós, ó Senhor Deus, a sua força e sua glória, * é por vossa proteção que exaltais nossa cabeça. * O Senhor é o nosso escudo, ele é nossa proteção, * ele reina sobre nós, é o santo de Israel!

8. SEGUNDA LEITURA (Rm 6,3-4.8-11)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos:

3Será que ignorais que todos nós, batizados em Jesus Cristo, é na sua morte que fomos batizados?

4Pelo batismo na sua morte, fomos sepultados com ele, para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim também nós levemos uma vida nova.

8Se, pois, morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele.

9Sabemos que Cristo ressuscitado dos mortos não morre mais; a morte já não tem poder sobre ele.

10Pois aquele que morreu, morreu para o pecado uma vez por todas; mas aquele que vive, é para Deus que vive.

11Assim, vós também considerai-vos mortos para o pecado e vivos para Deus, em  Jesus Cristo.

-Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(HL 3 p. 213-214) Fx 13

Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)

Vocês são uma raça escolhida, * real sacerdócio, vocês, * de Deus cantem as grandezas, * pois, de trevas luz os fez!

10. EVANGELHO (Mt 10,37-42)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

T. Glória a vós, Senhor.

P. Naquele tempo, disse Jesus a seus apóstolos:

37“Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim. Quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim.

38Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.

39Quem procura conservar a sua vida vai perdê-la. E quem perde a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la.

40Quem vos recebe, a mim recebe; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou.

41Quem recebe um profeta, por ser profeta, receberá a recompensa de profeta. E quem recebe um justo, por ser justo, receberá a recompensa de justo.

42Quem der, ainda que seja apenas um copo de água fresca, a um desses pequeninos, por ser meu discípulo, em verdade vos digo: não perderá a sua recompensa”.

– Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.

11. HOMILIA          

12. PROFISSÃO DE FÉ

P. Creio em Deus Pai todo-poderoso / T. criador do céu e da terra,/ e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
/
nasceu da Virgem Maria;/ padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; /ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna. Amém!

13. ORAÇÃO DOS FIÉIS

P. Irmãos e irmãs, elevemos nossas preces a Deus Pai, por meio de Jesus Cristo, de quem somos discípulos e missionários, rezando juntos:

T. Atendei-nos, ó Senhor!

1. Pela Igreja, para seja autenticamente discípula e missionária.

2. Pelos doentes, pobres e oprimidos, para que não lhes falte o amor solidário.

3. Pelos cristãos, para que assumam a cruz como compromisso batismal.

4. Pelos evangelizadores, para que não lhes falte o necessário.

5. Pelas nossas paróquias, para que sejam centros de difusão missionária.

6. Pelos que sonham e lutam por um mundo melhor, para que perseverem até o fim.

(Outras preces comunitárias)

P. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

14. APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(Fx 14)

1. Bendito e louvado seja, o Pai nosso Criador, * o pão que nós recebemos é prova do seu amor. * O pão que nós recebemos é prova do seu amor. * É o fruto de sua terra do povo trabalhador. * O fruto de sua terra do povo trabalhador, * na missa é transformado no corpo do Salvador.

Bendito seja Deus, bendito seu amor. * Bendito seja Deus Pai onipotente nosso Criador. (bis)

2. Bendito e louvado seja o Pai nosso Criador, * o vinho que recebemos é prova do seu amor. * O vinho que recebemos é prova do seu amor. * É o fruto de sua terra do povo trabalhador.
* O fruto de sua terra do povo trabalhador. * Na missa é transformado no sangue do Salvador.

15. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

P. Orai, irmãos e irmãs…

T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

P. Ó Deus, que nos assegurais os frutos dos vossos sacramentos, concedei que o povo reunido para vos servir corresponda à santidade de vossos dons. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA VI-D (MR. p. 860)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Corações ao alto.

T. O nosso coração está em Deus.

P. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

T. É nosso dever e nossa salvação.

P. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação, dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Pai misericordioso e Deus fiel. Vós nos destes vosso Filho Jesus Cristo, nosso Senhor e Redentor. Ele sempre se mostrou cheio de misericórdia pelos pequenos e pobres, pelos doentes e pecadores, colocando-se ao lado dos perseguidos e marginalizados. Com a vida e a palavra anunciou ao mundo que sois Pai e cuidais de todos como filhos e filhas. Por essa razão, com todos os Anjos e Santos, nós vos louvamos e bendizemos, e proclamamos o hino de vossa glória, cantando (dizendo) a uma só voz:

T. Santo, Santo, Santo…

CP. Na verdade, vós sois santo e digno de louvor, ó Deus, que amais os seres humanos e sempre os assistis no caminho da vida. Na verdade, é bendito o vosso Filho, presente no meio de nós, quando nos reunimos por seu amor. Como outrora aos discípulos, ele nos revela as Escrituras e parte o pão para nós.

T. O vosso Filho permaneça entre nós!

CC. Nós vos suplicamos, Pai de bondade, que envieis o vosso Espírito Santo para santificar estes dons do pão e do vinho, a fim de que se tornem para nós o Corpo e V o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.

T. Mandai o vosso Espírito Santo!

Na véspera de sua paixão, durante a última Ceia, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele, tomando o cálice em suas mãos, vos deu graças novamente e o entregou a seus discípulos, dizendo

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Eis o mistério da fé.

T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa res­sur­­reição. Vinde, Senhor Jesus!

CC. Celebrando, pois, ó Pai santo, a memória de Cristo, vosso Filho, nosso Salvador, que pela paixão e morte de cruz fizestes entrar na glória da ressurreição e colocastes à vossa direita, anunciamos a obra do vosso amor até que ele venha e vos oferecemos o pão da vida e o cálice da bênção.

CC. Olhai com bondade para a oferta da vossa Igreja. Nela vos apresenta-mos o sacrifício pascal de Cristo, que vos foi entregue. E concedei que, pela força do Espírito do vosso amor, sejamos contados, agora e por toda a eternidade, entre os membros do vosso Filho, cujo Corpo e Sangue comungamos.

T. Aceitai, ó Senhor, a nossa oferta!

1C. Senhor Deus, conduzi a vossa Igreja à perfeição na fé e no amor, em comunhão com o nosso Papa Bento, o nosso Bispo Odilo, com todos os Bispos, presbíteros e diáconos e todo o povo que conquistastes.

T. Confirmai o vosso povo na unidade!

2C. Dai-nos olhos para ver as necessidades e os sofrimentos dos nossos irmãos e irmãs; inspirai-nos palavras e ações para confortar os desanimados e oprimidos; fazei que, a exemplo de Cristo, e seguindo o seu mandamento, nos empenhemos lealmente no serviço a eles. Vossa Igreja seja testemunha viva da verdade e da liberdade, da justiça e da paz, para que toda a humanidade se abra à esperança de um mundo novo.

T. Ajudai-nos a criar um mundo novo!

3C. Lembrai-vos dos nossos irmãos e irmãs (N.e N.), que adormeceram na paz do vosso Cristo, e de todos os falecidos, cuja fé só vós conhecestes: acolhei-os na luz da vossa face e concedei-lhes, no dia da ressurreição, a plenitude da vida.

T. Concedei-lhes, ó Senhor, a luz eterna!

4C. Concedei-nos ainda, no fim da nossa peregrinação terrestre, chegarmos todos à morada eterna, onde viveremos para sempre convosco. E em comunhão com a bem-aventurada Virgem Maria, com os Apóstolos e Mártires, São Paulo Patrono da nossa Arquidiocese. e todos os Santos, vos louvaremos e glorifica-remos, por Jesus Cristo, vosso Filho.

CP ou CC. Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

T. Amém.

17. RITO DA COMUNHÃO

P. Rezemos com amor e confiança a oração que o Senhor nos ensinou:

T. Pai nosso…

P. Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto,
vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

T. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

P. Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

T. Amém.

P. A paz do Senhor esteja sempre convosco.

T. O amor de Cristo nos uniu.

P. Irmãos e irmãs, saudai-vos em Cristo Jesus.

T. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

P. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

T. Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

18. CANTO DE COMUNHÃO

Sl 95(96) ( Fx 16)

Não é digno de mim todo aquele, * que não quer carre­gar sua cruz… * Quem, por causa de mim, perde a vida, * a encontra, depois, diz Jesus.

1. Um canto novo ao Senhor, * ó terras todas, cantai! * Louvai seu nome bendito, * diariamente aclamai! * Sua glória, seus grandes feitos * aos povos todos contai.

2. Ele é o maior dos senhores: * merece nosso louvor; * e mais do que aos deuses todos * nós lhe devemos temor. * Os outros deuses são nada, * ele é do céu criador.

3. Sabei que o Senhor é rei * e traz justiça a esta terra. * Alegrem-se o mar e os peixes * e tudo o que o mundo encerra. * Os campos, plantas, montanhas * e as árvores da floresta.

4. Ele é o Senhor do universo * e faz justiça a seu povo. * Aos povos há de julgar, * reinando no mundo todo * por isso, a ele cantai, * ó terras, um canto novo!

19. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

P. Oremos (silêncio): Ó Deus, o Corpo e Sangue de Jesus Cristo, que oferecemos em sacrifício e recebemos em comunhão, nos transmitam uma vida nova, para que, unidos a vós pela caridade que não passa, possamos produzir frutos que permaneçam. Por Cristo, nosso Senhor.           

T. Amém.

20. ORAÇÃO AO NOSSO PATRONO

T. Ó São Paulo, /Patrono de nossa Arquidiocese, /discípulo e missionário de Jesus Cristo:/ ensina-nos a acolher a Palavra de Deus / e abre nossos olhos à verdade do Evangelho./ Conduze-nos ao encontro com Jesus, / contagia-nos com a fé que te animou/ e infunde em nós coragem e ardor missionário, / para testemunharmos a todos / que Deus habita esta Cidade imensa /e tem amor pelo seu povo! /Intercede por nós e pela Igreja de São Paulo, / ó santo apóstolo de Jesus Cristo! Amém

21. BÊNÇÃO E DESPEDIDA MR 526 – IV

22. CANTO FINAL (VC 637 – CO 1425)

1. Quando o dia da paz renascer * quando o sol da esperança brilhar * eu vou cantar! • Quando o povo nas ruas sorrir, * e a roseira de novo florir, * eu vou cantar!• Quando as
cercas caírem no chão * quando as mesas se encherem de pão, * eu vou cantar! • Quando os muros que cercam os jardins, * destruídos então os jasmins, * vão perfumar.

Vai ser tão bonito se ouvir a canção, * cantada de novo. * No olhar do homem a certeza do irmão: * reinado do povo.

2. Quando as armas da destruição, * destruídas em cada nação, * eu vou sonhar!•E o decreto que encerra a opressão * assinado só no coração * vai triunfar!• Quando a voz da
verdade se ouvir * e a mentira não mais existir, * será enfim, • tempo novo de eterna justiça, * sem mais ódio, sem sangue ou cobiça: * vai ser assim.

Músicas: CD LitúrgicoTempo Comum VI (Ed. Paulus )

Cantos e Orações  Ed. Vozes

1º de Julho: Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Dia Mundial de Oração pela santificação do Clero.

Participe da missa em sua Comunidade ou na Catedral, às 9:00h

PRÓXIMO DOMINGO: DIA DO PAPA E ÓBOLO DE SÃO PEDRO

LEITURAS DA SEMANA: de 27 de Junho a 3 de Julho de  2011

l2ª-:Gn 18, 16-33; Sl 102 (103), 1-2. 3-4. 8-9. 10-11 (R/. 8a); Mt 8, 18-22

l3ª-: Gn 19, 15-29; Sl 25 (26), 2-3. 9-10. 11-12 (R/. 3a); Mt 8, 23-27

l4ª-: Gn 21, 5.8-20; Sl 33 (34), 7-8. 10-11. 12-13 (R/. 7a); Mt 8, 28-34

l5ª-: Gn 22, 1-19; Sl 114 (115), 1-2. 3-4. 5-6. 8-9 (R/. 9); Mt 9, 1-8

l6ª-: Dt 7, 6-11; Sl 102 (103), 1-2. 3-4. 6-7. 8. 10 (R/. 17); 1Jo 4, 7-16; Mt 11, 25-30

lSab-: At 3, 1-10; Sl 18 (19), 2-3. 4-5 (R/. 5a); Gl 1, 11-20; Jo 21, 15-19

lDom. SÃO PEDRO e SÃO PAULO At 12, 1-11; Sl 33 (34), 2-3. 4-5. 6-7. 8-9 (R/. 5); 2Tm 4, 6-8.17-18; Mt 16, 13-19

Retirado:http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/liturgia/folheto_povo_de_deus_anoA_TC13.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: