• SÃO PAULO • 19 DE JUNHO DE 2011 • ANO 35 • Lt. 05 • Nº 38 •A

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

DIA NACIONAL DO MIGRANTE

 Anim. Celebramos hoje o mistério da Santíssima Trindade e mergulhamos no amor que reina entre as Pessoas divinas. Esse amor nos foi doado por meio do batismo em nome da Trindade. Fazer da vida um hino de louvor a Deus é abrir-se à expansão do amor divino. Por isso, depois do Pentecostes, a Igreja celebra o mistério da Santíssima Trindade, professando a fé num só Deus em três Pessoas, dotadas da mesma divindade e igual Majestade. Rezemos hoje, de forma especial, pelos migrantes, sempre em busca de um lugar
que lhes dê estabilidade e paz.

1. ABERTURA (HL 2 p. 83, CD Fx 15)

1. Bendito sejas Tu, Senhor de nossos pais. És pródigo de graças, ó Senhor.

Glória ao Senhor, Criador para sempre! (bis)

2. Bendito sejas Tu, ó Verbo de Deus Pai; a morte que sofreste nos deu vida.

3. Bendito sejas Tu, Espírito de Deus, operas na Igreja a salvação.

2. SAUDAÇÃO

P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém.

P. O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco.

T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

3. ATO PENITENCIAL

P. De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores.

(Silêncio)

P. Confessemos os nossos pecados:

T. Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

P. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Cristo, tende piedade de nós.

T. Cristo, tende piedade de nós.

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

4. GLÓRIA (preferencialmente cantado)

P. Glória a Deus nas alturas,

T. e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: / nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos
glorificamos, /
nós vosdamos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

5. ORAÇÃO

P. Oremos (silêncio): Ó Deus, nosso Pai, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito santificador, revelastes o vosso inefável mistério. Fazei que, professando a verdadeira fé, reconheçamos a glória da Trindade e adoremos a unidade onipotente. Por N.S.J.C.

T. Amém.

Anim. Ouçamos as leituras sagradas que nos falam do mistério que, hoje, celebramos.

6. PRIMEIRA LEITURA (Ex 34,4b-6.8-9)

Leitura do livro do Êxodo

Naqueles dias,

4Moisés levantou-se, quando ainda era noite,e subiu ao monte Sinai,como o Senhor lhe havia mandado, levando consigo as duas tábuas de pedra.

5O Senhor desceu na nuvem e permaneceu com Moisés, e este invocou o nome do Senhor.

6Enquanto o Senhor passava diante dele, Moisés gritou: “Senhor, Senhor! Deus misericordioso e clemente, paciente, rico em bondade e fiel”.

8Imediatamente, Moisés curvou-se até o chão

9e, prostrado por terra, disse:“Senhor, se é verdade que gozo de teu favor, peço-te, caminha conosco; embora este seja um povo de cabeça dura, perdoa nossas culpas e nossos pecados

e acolhe-nos como propriedade tua”.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

7. SALMO RESPONSORIAL (Dn 3, 52.-56 – Fx 16)

A vós louvor, honra e glória eternamente!*Honra e glória* eternamente!

1. Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. * Sede bendito, nome santo e glorioso. * No templo santo onde refulge a vossa glória. * E em vosso trono de poder vitorioso.

2. Sede bendito, que sondais as profundezas. * E superior aos querubins vos assentais. * Sede bendito no celeste firmamento. * Sede bendito no celeste firmamento.

8. SEGUNDA LEITURA – 2Cor 13,11-13

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios

11Irmãos:alegrai-vos, trabalhai no vosso aperfeiçoamento, encorajai-vos, cultivai a concórdia, vivei em paz, e o Deus do amor e da paz estará convosco.

12Saudai-vos uns aos outros com o beijo santo. Todos os santos vos saúdam.

13A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO (Fx 18)

Aleluia! Aleluia! Aleluia! (bis)

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Divino, ao Deus que é, que era e que vem, pelos séculos. Amém.

10. EVANGELHO (Jo 3,16-18)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.

T. Glória a vós, Senhor.

P. 16Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna.

17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele.

18Quem nele crê, não é condenado, mas quem não crê, já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito.

– Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.

11. HOMILIA       

12. PROFISSÃO DE FÉ

P. Creio em Deus Pai todo-poderoso / T. criador do céu e da terra,/ e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
/
nasceu da Virgem Maria;/ padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; /ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna. Amém.

13. ORAÇÃO DOS FIÉIS

P. Irmãos e irmãs, conscientes de que Deus Pai amou tanto o mundo, a ponto de enviar seu Filho para salvá-lo, elevemos nossas preces, movidos pelo Espírito Santo. Rezemos juntos:

T. Fazei-nos viver na comunhão do amor!

1. Ó Deus Pai, fonte do amor e origem da vida, abençoai a Igreja, sacramento de Cristo e serva do Espírito Santo.

2 Iluminai o Papa Beto Bento XVI e nosso Bispo Dom Odilo, os bispos auxiliares e todo o povo da nossa Igreja.

3. Ajudai-nos a fazer de nossas paróquias uma rede de comunidades que representem a comunhão trinitária.

4. Conduzi os povos, por meio de Cristo, aos vossos braços no abraço do Espírito Santo.

5. Ajudai-nos a incluir os excluídos e a viver mais profundamente o mistério da comunhão.

6. Protegei os migrantes em seu sonho de encontrar um lar que seja um sinal da Terra Prometida.

(Outras preces da comunidade)

P. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

14. APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS (Fx 19)

1. Ó Trindade imensa e una, * Vossa força tudo cria; * Vossa mão que rege os tempos, antes deles existia.

2. Pai, da graça fonte viva, * Luz da glória de Deus Pai, * Santo Espírito da vida, * que no amor os enlaçais.

3. Só por vós, Trindade Santa, suma origem, todo bem, Todo ser, toda beleza, toda vida se mantém.

4. Nós os filhos adotivos, pela graça consagrados, nos tornemos templos vivos, a vós sempre dedicados.

15. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

P. Orai, irmãos e irmãs…

T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

P. Senhor nosso Deus, pela invocação do vosso nome, santificai as oferendas de vossos servos e servas, fazendo de nós uma oferenda eterna. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III

(Prefácio MR. p. 380)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Corações ao alto.

T. O nosso coração está em Deus.

P. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

T. É nosso dever e nossa salvação.

P. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso. Com vosso Filho único e o Espírito Santo sois um só Deus e um só Senhor. Não uma única pessoa, mas três pessoas num só Deus. Tudo o que revelastes e nós cremos a respeito de vossa glória atribuímos igualmente ao Filho e ao Espírito Santo. E, proclamando que sois o Deus eterno e verdadeiro, adoramos cada uma das pessoas, na mesma natureza e igual majestade. Unidos à
multidão dos anjos e dos santos, nós vos aclamamos, jubilosos, cantando (dizendo) com toda a Igreja a uma só voz:

T. Santo,Santo, Santo…

CP. Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo, para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-do-sol, um sacrifício perfeito.

T. Santificai e reuni o vosso povo!

CC. Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e V o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério.

T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

Na noite em que ia ser entregue, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Eis o mistério da fé!

T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

CC. Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu, e enquanto esperamos a sua nova vinda,
nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade.

T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com o Corpo e o Sangue do vosso Filho, sejamos
repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito.

T. Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

1C. Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a Virgem Maria, Mãe de Deus, os vossos Apóstolos e Mártires, São Paulo, patrono da nossa Arquidiocese, N. e todos os santos, que não cessam de interceder por nós na vossa presença.

T. Fazei de nós uma perfeita oferenda!

2C. E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro. Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja,
enquanto caminha neste mundo: o vosso servo o Papa Bento, o nosso bispo Odilo, com os Bispos do mundo inteiro, o clero e todo o povo que conquistastes.

T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

Atendei às preces da vossa família, que está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de misericórdia, todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro.

T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

3C. Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade. Unidos a eles, esperamos também nós saciar-nos eternamente da vossa glória, por Cristo, Senhor nosso.

T. A todos saciai com vossa glória!

Por ele dais ao mundo todo bem e toda graça.

CP ou CC. Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

T. Amém.

17. RITO DA COMUNHÃO

P. Rezemos com amor e confiança a oração que o Senhor nos ensinou:

T. Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

P. Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Aju­dados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, en­quanto, vivendo a esperança, aguar­damos a vinda do Cristo Salvador.

T. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

P. Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

T. Amém.

P. A paz do Senhor esteja sempre convosco.

T. O amor de Cristo nos uniu.

P. Irmãos e irmãs, saudai-vos em Cristo Jesus.

T. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

P. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

T. Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

18. CANTO DE COMUNHÃO (CD Fx 20)

1. Deus eterno a vós louvor! * Glória a vossa Majestade! * Anjos e homens com fervor, * vos adoram, Deus Trindade. * /:Cante a terra com amor! * Santo, Santo é o Senhor:/

2. Pai Eterno, a criação * que tirastes vós do nada, * repousando em vossa mão, * um acorde imenso brada: * /: quem me fez foi vosso amor, * glória a vós, Pai Criador!:/

3. Filho eterno, nosso irmão, * vossa morte deu-nos vida, * vosso sangue, salvação. * Toda a Igreja, agradecida, * /:louva, exalta a vós, Jesus, * glória canta a vossa cruz!:/

4. Deus Espírito, Sol de amor, * procedeis do Pai, do Filho. * Vossos dons sempre mandais * a nós pobres que cantamos. * /: Santo, Santo é o Senhor, * Uno e Trino, Deus de amor.:/

19. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

P. Oremos (silêncio): Possa valer-nos, Senhor nosso Deus, a comunhão no vosso sacramento, ao proclamarmos nossa fé na Trindade eterna e santa, e na sua indivisível unidade. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

20. ORAÇÃO AO NOSSO PATRONO

T. Ó São Paulo, /Patrono de nossa Arquidiocese, /discípulo e missionário de Jesus Cristo:/ ensina-nos a acolher a Palavra de Deus / e abre nossos olhos à verdade do Evangelho./ Conduze-nos ao encontro com Jesus, / contagia-nos com a fé que te animou/ e infunde em nós coragem e ardor missionário, / para testemunharmos a todos / que Deus habita esta Cidade imensa /e tem amor pelo seu povo! /Intercede por nós e pela Igreja de São Paulo, / ó santo apóstolo de Jesus Cristo!
Amém

21. BÊNÇÃO E DESPEDIDA MR. 525

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Deus vos abençoe e vos guarde.

T. Amém.

P. Ele vos mostre sua face e se compadeça de vós.

T. Amém.

P. Volva para vós o seu olhar e vos dê a sua paz.

T. Amém.

P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho V e Espírito Santo.

T. Amém.

P. Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe.

T. Graças a Deus.

22. CANTO FINAL(HL3, p.411 – CO 631)

Povos todos, louvai ao Senhor, Exaltemos, juntos, seu nome e seu louvor!

1. As maravilhas do poder de Deus, por toda a terra, clamam para nós: que ele é grande, onipotente! Louvado seja o Deus da criação!

2. As maravilhas do amor de Deus, por toda a história, clamam para nós: que ele é bondade, misericórdia! Louvado seja o Deus da Salvação!

OPCIONAL

Ó Trindade (HL3 p. 295 – CO 384)

Ó Trindade, vos louvamos, vos louvamos pela vossa comunhão! Que esta mesa favoreça, favoreça nossa comunicação.

1. Contra toda tentação da ganância e do poder, nossas bocas gritem juntas // a palavra do viver!//

2. Na montanha, com Jesus, no encontro com o Pai, recebemos a mensagem: // “Ide ao mundo e o transformai!”//

Músicas: CD Festas Litúrgicas I (Ed. Paulus )

Cantos e Orações  Ed. Vozes

Na próxima quinta-feira, Festa deCorpus Christi, participe das celebrações em sua paróquia ou comunidade.

LEITURAS DA SEMANA: de 20 a 23 de Junho de  2011

l2ª-:Gn 12, 1-9; Sl 32 (33), 12-13. 18-19. 20 e 22 (R/. 12b); Mt 7, 1-5

l3ª-: Gn 13, 2.5-18; Sl 14 (15), 2-3ab. 3cd-4ab. 5 (R/. 1b); Mt 7, 6.12-14

l4ª-: Gn 15, 1-12.17-18; Sl 104 (105), 2-3. 3-4. 6-7. 8-9 (R/. 8a); Mt 7, 15-20

l5ª-: Corpus Christi Dt 8, 2-3.14b-16a;Sl 147 (147B), 12-13. 14-15. 19-20 (R/. 12a); 1Cor 10, 16-17; Jo 6, 51-58

Retirado:http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/liturgia/folheto_povo_de_deus_anoA_pascoa_09domingo_santissima_trindade.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: