• SÃO PAULO • 2 DE OUTUBRO DE 2011 • ANO 35 • Lt. 07 • Nº 55 • A •

27º DOMINGO DO TEMPO COMUM

MÊS MISSIONÁRIO E DE PROMOÇÃO DO DÍZIMO NA ARQUIDIOCESE

 Anim. Recebemos de Deus a missão de cultivar a vinha de Cristo e ser um povo que saiba produzir frutos. É com esse intuído que iniciamos o mês missionário, rezando para que a Arquidiocese de São Paulo, junto com a Igreja do mundo inteiro, revitalize sua atuação apostólica. Assim, todos poderão conhecer, amar e seguir Jesus Cristo. Para sustentar essa missão, rezamos, neste mês, pela Pastoral do Dízimo, a fim de que nossas paróquias tenham todas as condições de atuar destemidamente no anúncio do Evangelho e de celebrar a fé com a qualidade que a liturgia exige. Segundo a Escritura, o dízimo é um compromisso com o Reino de Deus e um ato de confiança na providência divina.

 

1. ABERTURA Sl 124(125)

HL 3, p.127 (Fx 9)

Senhor em tuas mãos a nossa vida, a nossa lida, a ti ninguém resiste! Ó Deus do universo, o céu e a terra tu os fizeste e tudo quanto existe.

1. Quem confia no Senhor, * é qual monte de Sião: * não tem medo, não se abala, * está bem firme no seu chão.

2. As montanhas rodeiam * a feliz Jerusalém. * O Senhor cerca seu povo, * para não temer ninguém.

3. A mão dura dos malvados * não esmague as criaturas, * para os justos não mancharem * suas mãos em aventuras.

4. Venha a paz para o teu povo, * o teu povo de Israel. * Venha a paz para o teu povo * pois tu és um Deus fiel.

 

2. SAUDAÇÃO

P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém.

P. O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco.

T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

3. ATO PENITENCIAL

P. No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer ao pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai.

(Silêncio)

P. Confessemos os nossos pecados:

T. Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

P. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.

Kyrie

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Cristo, tende piedade de nós.

T. Cristo, tende piedade de nós.

P. Senhor, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

 

4. GLÓRIA (preferencialmente cantado)

P. Glória a Deus nas alturas, T. e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso. / nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos glorificamos, / nós vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

 

5. ORAÇÃO

P.Oremos (silêncio): Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis no vosso imenso amor de Pai mais do que merecemos e pedimos, derramai sobre nós a vossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por N.S.J.C.

T. Amém.

 

Anim. Ouçamos, com todo o coração, as leituras de hoje, que nos convocam à missão.

 

6. PRIMEIRA LEITURA (Is 5,1-7)

Leitura do Livro do Profeta Isaías

1Vou cantar para o meu amado

o cântico da vinha de um amigo meu:

Um amigo meu possuía uma vinha em fértil encosta.

2Cercou-a, limpou-a de pedras,

plantou videiras escolhidas,

edificou uma torre no meio e construiu um lagar;

esperava que ela produzisse uvas boas,

mas produziu uvas selvagens.

3Agora, habitantes de Jerusalém e cidadãos de Judá,

julgai a minha situação e a de minha vinha.

4 O que poderia eu ter feito a mais por minha vinha

e não fiz?

Eu contava com uvas de verdade,

mas por que produziu ela uvas selvagens?

5Pois agora vou mostrar-vos

o que farei com minha vinha:

vou desmanchar a cerca, e ela será devastada;

vou derrubar o muro, e ela será pisoteada.

6Vou póia-la inculta e selvagem:

ela não será podada nem lavrada,

espinhos e sarças tomarão conta dela;

não deixarei as nuvens derramar a chuva sobre ela.

7Pois bem, a vinha do Senhor dos exércitos

é a casa de Israel,

e o povo de Judá, sua dileta plantação;

eu esperava deles frutos de justiça – e eis injustiça;

esperava obras de bondade – e eis iniqüidade.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

7. SALMO RESPONSORIAL 79(80)

(HL3, p. 147 – Fx10)

A vinha do Senhor é a casa de Israel.

1. Arrancastes do Egito esta videira e expulsastes as nações para plantá-la. Até o mar se estenderam seus sarmentos, até o rio seus rebentos se espalharam.

2. Por que razão vós destruístes sua cerca, para que todos os passantes a vindimem? O javali da mata virgem a devaste e os animais do descampado nela pastem?

3. Voltai-vos para nós, Deus do universo, visitai a vossa vinha e protegei-a! Foi a vossa mão direita que a plantou, protegei-a, e ao rebento que firmastes!

 

8. SEGUNDA LEITURA (Fl 4,6-9)

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses

Irmãos:

6Não vos inquieteis com coisa alguma,

mas apresentai as vossas necessidades a Deus,

em orações e súplicas, acompanhadas de ação de graças.

7E a paz de Deus,

que ultrapassa todo o entendimento,

guardará os vossos corações e pensamento

em Cristo Jesus.

8Quanto ao mais, irmãos,

ocupai-vos com tudo o que é verdadeiro, respeitável,

justo, puro, amável, honroso,

tudo o que é virtude

ou de qualquer modo mereça louvor.

9Praticai o que aprendestes e recebestes de mim,

ou que de mim vistes e ouvistes.

Assim o Deus da paz estará convosco.

─ Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO (Fx11)

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia. (bis)

Eu vos escolhi, foi do meio do mundo a fim de que deis um fruto que dure. Eu vos escolhi foi do meio do mundo. Amém! Aleluia! Aleluia! Amém!

 

10. EVANGELHO (Mt 21,33-43)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

T. Glória a vós, Senhor.

P. Naquele tempo, Jesus disse aos sumos sacerdotes

e aos an­ciãos do povo:

33“Escutai esta outra parábola:

Certo proprietário plantou uma vinha,

pôs uma cerca em volta,

fez nela um lagar para esmagar as uvas

e construiu uma torre de guarda.

Depois, arrendou-a a vinhateiros,

e viajou para o estrangeiro.

34Quando chegou o tempo da colheita,

o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros

para receber seus frutos.

35Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados,

espancaram a um, mataram a outro,

e ao terceiro apedrejaram.

36O proprietário mandou de novo outros empregados,

em maior número do que os primeiros.

Mas eles os trataram da mesma forma.

37Finalmente, o proprietário, enviou-lhes o seu filho,

pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’.

38Os vinhateiros, porém, ao verem o filho,

disseram entre si: ‘Este é o herdeiro.

Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’

39Então agarraram o filho,

jogaram-no para fora da vinha e o mataram.

40Pois bem, quando o dono da vinha voltar,

o que fará com esses vinhateiros?”

41Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam:

“Com certeza mandará matar de modo violento

esses perversos

e arrendará a vinha a outros vinhateiros,

que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.

42Então Jesus lhes disse:

“Vós nunca lestes nas Escrituras:

‘A pedra que os construtores rejeitaram

tornou-se a pedra angular;

isto foi feito pelo Senhor

e é maravilhoso aos nossos olhos’?

43Por isso eu vos digo:

o Reino de Deus vos será tirado

e será entregue a um povo que produzirá frutos”.

– Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.

 

11. HOMILIA

 

12. PROFISSÃO DE FÉ

P. Creio em Deus Pai todo-poderoso / T. criador do céu e da terra,/ e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; /nasceu da Virgem Maria;/ padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; /ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna. Amém.

 

13. ORAÇÃO DOS FIÉIS

P. Ao Pai, que depositou em nossas mãos a esperança de Israel, elevemos nossas preces, para que possamos produzir os frutos esperados no cuidado da vinha do Senhor. Rezemos juntos:

T. Vinde, Senhor, em nosso auxílio!

1. Pai Santo, fortalecei o Papa Bento XVI e todos os Bispos em sua missão pastoral.

2. Não faltem aos governantes o cuidado com o povo e a responsabilidade social.

3. Neste mês missionário, dai-nos o vigor que levou os apóstolos a evangelizar todos os povos.

4. Fazei brotar em nossas paróquias um renovado ardor missionário.

5. Ajudai-nos a imitar nosso Padroeiro, o Apóstolo São Paulo.

6. Abençoai a nossa Pastoral do Dízimo e os dizimistas desta comunidade.

7. Que a nossa luta pela vida inclua o direito do “nascituro” de vir ao mundo.

(outras intenções comunitárias)

P. Isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo nosso Senhor:

T. Amém.

 

14. APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(Fx 12)

1. Bendito seja Deus Pai, do universo criador, pelo pão que nós recebemos, foi de graça e com amor.

O homem que trabalha faz a terra produzir. O trabalho multiplica os dons, que nós vamos repartir.

2. Bendito seja Deus Pai, do universo o criador, pelo vinho que nós recebemos, foi de graça e com amor.

3. E nós participamos da construção do mundo novo. Com Deus, que jamais despreza nossa imensa pequenez.

 

15. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

P. Orai, irmãos e irmãs…

T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

P. Acolhei, ó Deus, nós vos pedimos, o sacrifício que instituístes e, pelos mis­térios que celebramos em vossa hon­ra, completai a santificação dos que salvastes. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

 

16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA V

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Corações ao alto.

T. O nosso coração está em Deus.

P. Demos graças ao Nosso Senhor Deus.

T. É nosso dever e nossa salvação.

P. É justo e nos faz todos ser mais santos louvar a vós, ó Pai, no mundo inteiro, de dia e de noite, agradecendo com Cristo, vosso Filho, nosso irmão. É ele o sacerdote verdadeiro que sempre se oferece por nós todos, mandando que se faça a mesma coisa que fez naquela ceia derradeira. Por isso, aqui estamos bem unidos, louvando e agradecendo com alegria, juntando nossa voz à voz dos anjos e à voz dos santos todos, pra cantar (dizer):

T. Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

CP. Senhor, vós que sempre quisestes ficar muito perto de nós, vivendo conosco no Cristo, falando conosco por ele,

CC. mandai vosso Espírito Santo, a fim de que as nossas ofertas se mudem no Corpo V e no Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.

T. Mandai vosso Espírito Santo!

Na noite em que ia ser entregue, ceando com seus apóstolos, Jesus, tendo o pão em suas mãos, olhou para o céu e deu graças, partiu o pão e o entregou a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, no fim da ceia, tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente e o entregou a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Tudo isto é mistério da fé!

T. Toda vez que se come deste Pão, toda vez que se bebe deste Vinho, se recorda a paixão de Jesus Cristo e se fica esperando sua volta.

P. Recordamos, ó Pai, neste momento, a paixão de Jesus, nosso Senhor, sua ressurreição e ascensão; nós queremos a vós oferecer este Pão que alimenta e que dá vida, este Vinho que nos salva e dá coragem.

T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

E quando recebermos Pão e Vinho, o Corpo e Sangue dele oferecidos, o Espírito nos daí num só corpo, pra sermos um só povo em seu amor.

T. O Espírito nos daí num só corpo!

1C. Protegei vossa Igreja que caminha nas estradas do mundo rumo ao céu, cada dia renovando a esperança de chegar junto a vós, na vossa paz.

T. Caminhamos na estrada de Jesus!

2C. Daí ao Santo Padre, o Papa Bento ser bem firme na Fé, na caridade e a Odilo, que é bispo desta Igreja, muita luz pra guiar o seu rebanho.

T. Caminhamos na estrada de Jesus!

3C. Esperamos entrar na vida eterna com a Virgem, Mãe de Deus e da Igreja, os apóstolos e todos os santos, que na vida souberam amar Cristo e seus irmãos.

T. Esperamos entrar na vida eterna!

4C. A todos que chamastes para outra vida na vossa amizade, e aos marcados com o sinal da fé, abrindo vossos braços, acolhei-os. Que vivam para sempre bem felizes no reino que para todos preparastes.

T. A todos daí a luz que não se apaga!

CP. E a nós, que agora estamos reunidos e somos povo santo e pecador, daí força para construirmos juntos o vosso reino que também é nosso.

P. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

T. Amém.

 

17. RITO DA COMUNHÃO

P. Rezemos com amor e confiança a oração que o Senhor nos ensinou:

T. Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

P. Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

T. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

P. Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

T. Amém.

P. A paz do Senhor esteja sempre convosco.

T. O amor de Cristo nos uniu.

P. Irmãos e irmãs, saudai-vos em Cristo Jesus.

T. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

P. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

T. Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

 

18. CANTO DE COMUNHÃO ( Fx 13 )

Ó Pai, somos nós esta vinha, que tu com carinho plantaste. A fim de colher os seus frutos, a nós o teu Filho enviaste. (bis)

1. Eu me sinto feliz, perto de Deus, em achar um abrigo no Senhor.

2. Eu, agora, estarei, sempre, com ele, pois, me veio trazendo pela mão.

3. Vosso plano de amor me vai guiando, para chegar, finalmente, em vossa glória.

4. Quem se afasta de vós, nada consegue, quem se alegra sem vós, não é feliz.

5. Vou cantar a bondade do Senhor pelas ruas e praças da cidade.

 

19. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

P. Oremos (silêncio): Possamos, ó Deus onipotente, saciar-nos do pão celeste e inebriar-nos do vinho sagrado, para que sejamos transformados naquele que agora recebemos. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

 

20. ORAÇÃO AO NOSSO PATRONO

T. Ó São Paulo, /Patrono de nossa Arquidiocese, /discípulo e missionário de Jesus Cristo:/ ensina-nos a acolher a Palavra de Deus / e abre nossos olhos à verdade do Evangelho./ Conduze-nos ao encontro com Jesus, / contagia-nos com a fé que te animou/ e infunde em nós coragem e ardor missionário, / para testemunharmos a todos / que Deus habita esta Cidade imensa /e tem amor pelo seu povo! /Intercede por nós e pela Igreja de São Paulo, / ó santo apóstolo de Jesus Cristo! Amém

 

21. BÊNÇÃO E DESPEDIDA (MR 526)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho V e Espírito Santo.

T. Amém.

P. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

T. Graças a Deus.

 

22. CANTO FINAL

(HL3, p.441; CO nº 795)

1. Quero ouvir teu apelo, Senhor, * ao teu chamado de amor responder. * Na alegria te quero servir, * e anunciar o teu Reino de Amor!

E pelo mundo eu Vou, cantando teu Amor, * pois disponível estou, * para servir-te Senhor! (bis)

2. Dia a dia, tua graça me dás, * nela se apóia o meu caminhar. * Se estás a meu lado, Senhor, * o que, então, podereis eu temer?

 

Músicas: • CD Litúrgico VII- Ed. Paulus • Cantos e Orações – Ed. Vozes • Hinário Litúrgico 3 CNBB

 

 LEITURAS DA SEMANA: de 3 a 9 de Outubro de 2011

2ª-: Jn 1, 1 – 2, 1.11; Cânt.: Jn 2, 2. 3. 4. 5. 8 (R/. 7c); Lc 10, 25-37

l3ª-: Jn 3, 1-10; Sl 129 (130), 1-2. 3-4ab. 7-8 (R/. 3); Lc 10, 38-42

l4ª-: Jn 4, 1-11; Sl 85 (86), 3-4. 5-6. 9-10 (R/. 15b); Lc 11, 1-4

l5ª-: Ml 3, 13-20a;Sl 1, 1-2. 3. 4 e 6 (R/. Sl 39 [40], 5a); Lc 11, 5-13

l6ª-: At 1, 12-14; Cânt.: Lc 1, 46-47. 48-49. 50-51. 52-53. 54-55 (R/. 49); Lc 1, 26-38

lSab.: Jl 4, 12-21; Sl 96 (97), 1-2. 5-6. 11-12 (R/. 12a); Lc 11, 27-28

l28º DTC. Is 25, 6-10ª; Sl 22 (23), 1-3a. 3b-4. 5. 6 (R/. 6cd); Fl 4, 12-14.19-20; Mt 22, 1-14 (Convite às núpcias).

 Retirado:http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/?q=pt-br/node/163

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: