• SÃO PAULO • 30 DE OUTUBRO DE 2011 • ANO 35 • Lt. 08 • Nº 60 • A •

31º DOMINGO DO TEMPO COMUM

 

Anim. Neste mês missionário somos convocados a participar da Eucaristia dominical em comu­nhão com todos os cristãos espalhados pelo mundo inteiro. Em torno de Cristo, nosso único Mestre, nos congregamos, assumindo sua Palavra como luz para os nossos pés e guia para os nossos corações. Que a ação eucarística e sacerdotal da Igreja, além de elevar a Deus todo o louvor que lhe é devido, nos transforme em autênticos missionários do Evangelho.

 

 

1. ABERTURA Sl. 143(142) (Fx 15)

Não me abandones, Senhor, vem socorrer, vem socorrer, vem, socorrer, depressa, vem meu Salvador!

1. Ó Senhor, escuta a prece que te faço e o meu pedido! Vem! Me atende, Deus fiel! Eu preciso ser ouvido. Se vieres nos julgar, todo mundo está perdido.

2. Lembro os dias do passado: os teus feitos que me alentam, eu te estendo as minhas mãos, a minh’alma está sedenta como terra esturricada, ressequida e poeirenta.

3. Vem, me ensina a fazer sempre, ó Senhor tua vontade! Teu Espírito me guia a uma terra conquistada. Vem, renova minha vida, das angústias libertada.

4. Vem, depressa, meu Senhor! Vem, depressa, me escutar! Meu espírito está fraco, eu já estou para desmaiar. Não me escondas o teu rosto, para eu não me arrasar.

 

2. SAUDAÇÃO

P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém.

P. Que a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

3. ATO PENITENCIAL

P. Em Jesus Cristo, o justo, que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai, abramos o nosso espírito ao arrependimento para sermos menos indignos de aproximar-nos da mesa do Senhor.

(silêncio)

P. Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Cristo, que viestes chamar os pecadores, tende piedade de nós.

T. Cristo, tende piedade de nós.

P. Senhor, que intercedeis por nós junto do Pai, tende piedade de nós.

T. Senhor, tende piedade de nós.

P. Deus todo-poderoso, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.

 

4. GLÓRIA (preferencialmente cantado)

P. Glória a Deus nas alturas, T. e paz na terra aos homens por Ele amados. / Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso. / nós vos louvamos, nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos glorificamos, / nós vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

 

5. ORAÇÃO

P.Oremos (silêncio): Ó Deus de poder e misericórdia, que concedeis a vossos filhos e filhas a graça de vos servir como devem, fazei que corramos livremente ao encontro das vossas promessas. Por N.S.J.C.

T. Amém.

Anim. Ouçamos a Palavra que nos convoca ao discipulado de Cristo e à missão de anunciar o seu Evangelho.

 

6. PRIMEIRA LEITURA

(Ml 1,14b-2,2b.8-10)

Leitura da Profecia de Malaquias

14Eu sou o grande rei, diz o Senhor dos exércitos, e o meu nome é terrível entre as nações. 2,1E agora este mandamento para vós, ó sacerdotes. 2Se não quiserdes ouvir e tomar a peito glorificar o meu nome, diz o Senhor dos exércitos, lançarei sobre vós a maldição. 8Vós, porém, vos afastastes do reto caminho e fostes para muitos, na observância da lei, pedra de tropeço; quebrastes o pacto de Levi, diz o Senhor dos exércitos; 9e eu também vos fiz desprezíveis e vos rebaixei aos olhos de todos os povos, na medida em que não guardastes meus caminhos e praticastes discriminação de pessoas no serviço da lei. 10Acaso não é um só o pai de todos nós? Acaso não fomos criados por um único Deus? Então, por que cada um de nós é desonesto com seu irmão, violando o pacto de nossos pais?

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

7. SALMO RESPONSORIAL 130(131)

(HL3, p. 147 – Fx10)

Guardai-me, ó Senhor! Convosco, em vossa paz!

1. Senhor, meu coração não é orgulhoso, nem se eleva arrogante o meu olhar; não ando à procura de grandezas nem tenho pretensões ambiciosas!

2. Fiz calar e sossegar a minha alma; ela está em grande paz dentro de mim, como a criança bem tranqüila, amamentada no regaço acolhedor de sua mãe.

 

8. SEGUNDA LEITURA

(1Ts 2,7b-9.13)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses

Irmãos: 7Foi com muita ternura que nos apresentamos a vós, como uma mãe que acalenta os seus filhinhos. 8Tanto bem vos queríamos, que desejávamos dar-vos não somente o evangelho de Deus, mas até a própria vida; a tal ponto chegou a nossa afeição por vós. 9Irmãos, certamente ainda vos lembrais dos nossos trabalhos e fadigas. Trabalhamos dia e noite, para não sermos pesados a nenhum de vós. Foi assim que anunciamos o evangelho de Deus. 13Por isso, agradecemos a Deus sem cessar por vós terdes acolhido a pregação da palavra de Deus, não como palavra humana, mas como aquilo que de fato é: palavra de Deus, que está produzindo efeito em vós que abraçastes a fé. -Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO (Fx11)

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia. (bis)

Só um é o nosso Pai, o vosso Pai celeste, um só é o vosso guia Jesus Cristo – o Messias.(bis)

 

10. EVANGELHO (Mt 23,1-12)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

T. Glória a vós, Senhor.

P. Naquele tempo, 1Jesus falou às multidões e a seus discípulos: 2”Os mestres da lei e os fariseus têm autoridade para interpretar a lei de Moisés. 3Por isso, deveis fazer e observar tudo o que eles dizem. Mas não imiteis suas ações! Pois eles falam e não praticam. 4Amarram pesados fardos e os colocam nos ombros dos outros, mas eles mesmos não estão dispostos a movê-los, nem sequer com um dedo. 5Fazem todas as suas ações só para serem vistos pelos outros. Eles usam faixas largas, com trechos da Escritura, na testa e nos braços, e põem na roupa longas franjas. 6Gostam de lugar de honra nos banquetes e dos primeiros lugares nas sinagogas; 7Gostam de ser cumprimentados nas praças públicas e de serem chamados de mestre. 8Quanto a vós, nunca vos deixeis chamar de Mestre, pois um só é vosso Mestre e todos vós sois irmãos. 9Na terra, não chameis a ninguém de pai, pois um só é vosso Pai, aquele que está nos céus. 10Não deixeis que vos chamem de guias, pois um só é o vosso Guia, Cristo. 11Pelo contrário, o maior dentre vós deve ser aquele que vos serve. 12Quem se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado”. – Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.

 

11. HOMILIA

 

12. PROFISSÃO DE FÉ

P. Creio em Deus Pai todo-poderoso / T. criador do céu e da terra,/ e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; /nasceu da Virgem Maria;/ padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado. / Desceu à mansão dos mortos; /ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo; / na Santa Igreja Católica; / na comunhão dos santos; / na remissão dos pecados; / na ressurreição da carne; / na vida eterna.

Amém.

 

13. ORAÇÃO DOS FIÉIS

P. Irmãos e irmãs, elevemos a Deus Pai nossas preces, na certeza de que elas serão atendidas pelo seu infinito amor. Rezemos juntos:

T.Atendei, Senhor, ao nosso clamor.

1. Ó Deus, vós que sois nosso único Pai, fortalecei a Igreja em sua missão pastoral.

2. Abençoai os missionários e missionárias em sua tarefa de evangelização.

3. Consolidai em nossas paróquias a vivência da fé e o espírito missionário.

4. Ajudai-nos a transformar nossas paróquias em sal, luz e fermento do Evangelho.

5. Iluminai nossas decisões e fazei dar frutos o labor de nossas mãos.

6. Abençoai nossas famílias em sua luta pela vida e dignidade.

7. Libertai-nos do crescimento avassalador do uso de drogas em nosso País.

8. Olhai pela nossa terra e iluminai os horizontes da nossa cultura.

(outras intenções da comunidade)

P. Tudo isso, vos pedimos, ó Pai, por Cristo nosso Senhor.

T. Amém.

 

14. APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(Fx 12)

1. Bendito seja Deus Pai, do universo criador, pelo pão que nós recebemos, foi de graça e com amor.

O homem que trabalha faz a terra produzir. O trabalho multiplica os dons que nós vamos repartir.

2. Bendito seja Deus Pai, do universo o criador, pelo vinho que nós recebemos, foi de graça e com amor.

3. E nós participamos da construção do mundo novo com Deus, que jamais despreza nossa imensa pequenez.

 

15. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

P. Orai, irmãos e irmãs…

T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

P. Ó Deus, que este sacrifício se tor­ne uma oferenda perfeita aos vos­­sos olhos e fonte de misericórdia para nós. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

 

16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA V

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Corações ao alto.

T. O nosso coração está em Deus.

P. Demos graças ao Nosso Senhor Deus.

T. É nosso dever e nossa salvação.

P. É justo e nos faz todos ser mais santos louvar a vós, ó Pai, no mundo inteiro, de dia e de noite, agradecendo com Cristo, vosso Filho, nosso irmão. É ele o sacerdote verdadeiro que sempre se oferece por nós todos, mandando que se faça a mesma coisa que fez naquela ceia derradeira. Por isso, aqui estamos bem unidos, louvando e agradecendo com alegria, juntando nossa voz à voz dos anjos e à voz dos santos todos, pra cantar (dizer):

T. Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

CP. Senhor, vós que sempre quisestes ficar muito perto de nós, vivendo conosco no Cristo, falando conosco por ele,

CC. mandai vosso Espírito Santo, a fim de que as nossas ofertas se mudem no Corpo V e no Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.

T. Mandai vosso Espírito Santo!

Na noite em que ia ser entregue, ceando com seus apóstolos, Jesus, tendo o pão em suas mãos, olhou para o céu e deu graças, partiu o pão e o entregou a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, no fim da ceia, tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente e o entregou a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Tudo isto é mistério da fé!

T. Toda vez que se come deste Pão, toda vez que se bebe deste Vinho, se recorda a paixão de Jesus Cristo e se fica esperando sua volta.

P. Recordamos, ó Pai, neste momento, a paixão de Jesus, nosso Senhor, sua ressurreição e ascensão; nós queremos a vós oferecer este Pão que alimenta e que dá vida, este Vinho que nos salva e dá coragem.

T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

E quando recebermos Pão e Vinho, o Corpo e Sangue dele oferecidos, o Espírito nos una num só corpo, pra sermos um só povo em seu amor.

T. O Espírito nos una num só corpo!

1C. Protegei vossa Igreja que caminha nas estradas do mundo rumo ao céu, cada dia renovando a esperança de chegar junto a vós, na vossa paz.

T. Caminhamos na estrada de Jesus!

2C. Dai ao Santo Padre, o Papa Bento ser bem firme na Fé, na caridade e a Odilo, que é bispo desta Igreja, muita luz pra guiar o seu rebanho.

T. Caminhamos na estrada de Jesus!

3C. Esperamos entrar na vida eterna com a Virgem, Mãe de Deus e da Igreja, os apóstolos e todos os santos, que na vida souberam amar Cristo e seus irmãos.

T. Esperamos entrar na vida eterna!

4C. A todos que chamastes para outra vida na vossa amizade, e aos marcados com o sinal da fé, abrindo vossos braços, acolhei-os. Que vivam para sempre bem felizes no reino que para todos preparastes.

T. A todos dai a luz que não se apaga!

CP. E a nós, que agora estamos reunidos e somos povo santo e pecador, dai força para construirmos juntos o vosso reino que também é nosso.

P. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

T. Amém.

 

17. PAI NOSSO

P. O Senhor nos comunicou o seu Espírito. Com a confiança e a liberdade de filhos, digamos juntos:

T. Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

P. Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

T. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

P. Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

T. Amém.

P. A paz do Senhor esteja sempre convosco.

T. O amor de Cristo nos uniu.

P. Como filhos e filhas do Deus da paz, saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna.

T. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

P. Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

T. Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

 

18. CANTO DE COMUNHÃO (Fx 13 )

Um só é o Pai de vocês, um só é o guia: Jesus! Quem quer ir à glória com Ele, carregue com Ele sua cruz! (bis)

1. Eu me sinto feliz, perto de Deus, em achar um abrigo no Senhor.

2. Eu, agora, estarei, sempre, com ele, pois, me veio trazendo pela mão.

3. Vosso plano de amor me vai guiando, para chegar, finalmente, em vossa glória.

4. Quem se afasta de vós, nada consegue, quem se alegra sem vós, não é feliz.

5. Vou cantar a bondade do Senhor pelas ruas e praças da cidade.

 

19. ORAÇÃO APÓS A COMUNHÃO

P. Oremos (silêncio): Ó Deus, frutifique em nós a vossa graça, a fim de que, preparados por vossos sacramentos, possamos receber o que prometem. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

 

20. BÊNÇÃO E DESPEDIDA

Tempo Comum I

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Deus vos abençoe e vos guarde.

T. Amém.

P. Ele vos mostre sua face e se compadeça de vós.

T. Amém.

P. Volva para vós o seu olhar e vos dê a sua paz.

T. Amém.

P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho V e Espírito Santo.

T. Amém.

P. Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe.

T. Graças a Deus.

 

20. ORAÇÃO AO NOSSO PATRONO

T. Ó São Paulo, /Patrono de nossa Arquidiocese, /discípulo e missionário de Jesus Cristo:/ ensina-nos a acolher a Palavra de Deus / e abre nossos olhos à verdade do Evangelho./ Conduze-nos ao encontro com Jesus, / contagia-nos com a fé que te animou/ e infunde em nós coragem e ardor missionário, / para testemunharmos a todos / que Deus habita esta Cidade imensa /e tem amor pelo seu povo! /Intercede por nós e pela Igreja de São Paulo, / ó santo apóstolo de Jesus Cristo! Amém

 

22. CANTO FINAL

(CD CF 2005 – Fx 16)

1. Vibra uma canção * de esperança e alegria. * Surge no horizonte * O raiar de um novo dia.

Canta, dança, entra na festa, * Sente a alegria de viver. * Olha o céu sorrindo, * Vê a beleza deste renascer. * Canta, dança nesta ciranda, * Sonha de novo sem temer. * Vai à cidade, * leva a notícia deste amanhecer.

2. No olhar do povo * Brincam risos de criança. * Mãos se entrelaçam, * recriando a confiança.

3. Livre canta o vento * Boa nova de amizade. * Brilha a paz na terra, * nasce nova humanidade.

 

OPCIONAL (HL3, p.441; VC, nº442 -CO795)

1. Quero ouvir teu apelo, Senhor, * ao teu chamado de amor responder. * Na alegria te quero servir, * e anunciar o teu Reino de Amor!

E pelo mundo eu Vou, cantando teu Amor, * pois disponível estou, * para servir-te Senhor! (bis)

2. Dia a dia, tua graça me dás, * nela se apoia o meu caminhar. * Se estás ao meu lado, Senhor, * o que, então, podereis eu temer?

 

 

Músicas: • CD Litúrgico VII- Ed. Paulus • Cantos e Orações – Ed. Vozes • Hinário Litúrgico 3 CNBB

 

 LEITURAS DA SEMANA: de 31 de Outubro a 6 de Novembro de 2011

l 2ª-: Rm 11, 29-36; Sl 68 (69), 30-31. 33-34. 36-37 (R/. 14c); Lc 14, 12-14

l 3ª-: Rm 12, 5-16a; Sl 130 (131), 1. 2 . 3 (R/. Guardai-me, em paz, junto a vós, ó Senhor!); Lc 14, 15-24

l 4ª-: Fiéis Defuntos Leituras prs: l 5ª-: Rm 14, 7-12; Sl 26 (27), 1. 4. 13-14 (R/. 13); Lc 15, 1-10

l 6ª-: Rm 15, 14-21; Sl 97 (98), 1. 2-3ab. 3cd-4 (R/. cf. 2b); Lc 16, 1-8

l Sab.: Rm 16, 3-9.16.22-27; Sl 144 (145), 2-3. 4-5. 10-11 (R/. cf. 1b); Lc 16, 9-15

l 32º Domingo TC. TODOS OS SANTOS, Ap 7, 2-4. 9-14; Sl 23 (24), 1-2. 3-4ab. 5-6 (R/. cf. 6); 1Jo 3, 1-3; Mt 5, 1-12a (Bem-aventuranças)

Retirado:http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/?q=pt-br/node/163

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: